Harvard destaca a gestão de talento na Mercadona

Harvard destaca a gestão de talento na Mercadona

14 JULHO 2017
A revista de negócios de Harvard publicou um estudo sobre a gestão de talento onde destaca a capacidade da Mercadona em tirar o máximo partido do potencial dos seus recursos humanos.

Realizado por Zeynep Ton e Sarah Kalloch, professoras da escola de negócios Sloan do Instituto Tecnológico do Massachussets (MIT), o estudo publicado na “Harvard Business Review” assinala como a Mercadona aproveita “as atitudes criativas e de resolução de problemas” dos seus colaboradores que “sugerem melhorias”.

As autoras consideram que a política de recursos humanos da cadeia valenciana é um sucesso na gestão de pessoas, ao permitir “economizar milhões de euros” graças ao talento dos colaboradores. O estudo assinala que, na sua estratégia, a Mercadona combina o investimento nas pessoas com decisões operacionais que aumentam a produtividade, o que permite oferecer uma boa experiência de compra aos clientes.

A publicação também destaca a implementação de novas tecnologias na empresa para aumentar a produtividade, apesar dos fortes investimentos realizados entre 2005 e 2008, a logística e gestão das suas lojas. Segundo as professoras do MIT, a cadeia de supermercados pode levar a cabo este processo sem grandes contratempos, porque os seus colaboradores foram envolvidos, ao receber uma extensa formação na utilização destas tecnologias. Consequentemente, as vendas por colaborador passaram de 179.142 euros no primeiro ano de investimento para 232.260 euros em 2008.